Grandioso és Tu

 

 

 

Senhor, meu Deus ! Contemplo, extasiado,
O Teu poder na vasta criação;
Ouço o trovão, vejo o céu estrelado
E, em tudo, vejo a Tua forte mão !

 

Então minha alma canta a Ti, Senhor,
Grandioso és Tu ! Grandioso és Tu !

Então minha alma canta a Ti, Senhor,
Grandioso és Tu ! Grandioso és Tu !

 

Quando, a vagar nas matas, ou nos montes,
Das aves ouço o alegre gorjear,
Quando, nos vales, entre lindas fontes,
Da brisa sinto o suave refrescar,

 

E, ao meditar no Deus que tanto amou-me,
Que nem ao próprio Filho quis poupar
E, em como Cristo, por amor salvou-me,
Na dura cruz morrendo em meu lugar.

 

E, quando Cristo, em glória regressando,
Levar-me ao lar, que gozo eu sentirei !
Adoração humilde a Ti prestando,
Grandioso és Tu, meu Deus, eu cantarei !